SAÚDE DA MULHER

Fisioterapia na Assistência a Mulher Durante o Parto

O fisioterapeuta na sala de parto oferece a parturiente o resgate de tudo que foi trabalhado na preparação de parto para que ela seja a protagonista desse momento. Alinhado aos preceitos da humanização da assistência prestada à mulher no ciclo gravídico-puerperal, o Fisioterapeuta agrega sua expertise ao trabalho da equipe multiprofissional.

 

Na hora certa e de acordo com a necessidade de cada paciente, a fisioterapeuta utiliza de métodos não farmacológicos como as técnicas de terapia manual, o uso do tens (aparelho de eletroanalgesia), da bola de parto, e dos recursos de termoterapia (bolsinhas de água quente, banhos de chuveiro e banheira) para alívio da dor de parto. Além disso há evidencias científicas que comprovam que a massagem perineal pré-natal reduz o risco de trauma perineal. (Beckmann MM, e col. 2017.)

 

O protocolo também inclui exercícios que otimizam a descida do bebê na pelve materna, como as posturas verticais e exercícios ativos de mobilidade pélvica, que são realizados de forma específica e não indiscriminada, em cada fase do parto, de acordo com a descida do bebê na pelve e embasado na curva de evolução após avaliação médica.

 

Todas as técnicas e os exercícios são incentivados respeitando o desejo da mulher e sua condição física funcional.

 

O trabalho respiratório já treinado com a paciente no pré-parto melhorara a oxigenação para o bebê e facilitará o período expulsivo do parto. Além de estimular a mulher a se conectar e sentir seu corpo, resgatando a consciência corporal, o que a ajudará a ficar mais calma e relaxada neste processo. Durante o período expulsivo, oferecemos possibilidades de posturas para parir, orienta a mulher a fazer força quando sentir vontade (esperar o puxo espontâneo) e incentiva o relaxamento dos músculos do assoalho pélvico.

 

A fisioterapia também tem papel importante na inserção do acompanhante no contexto do parto, para que não seja apenas um(a) coadjuvante, mas que tenha um mais participativo para ajudar a mulher a parir.

 

Após o nascimento monitoramos os sinais vitais e o estado físico da paciente, além incentivar e facilitar a amamentação. A presença do Fisioterapeuta na sala de parto incentiva e dá segurança a mulher no parto humanizado. Somos mulheres que dão assistência a outras mulheres.

 

Dra. Danieli Amorim, Fisioterapeuta com Especialização em Fisioterapia Pélvica

Mestranda em Ciências da Saúde-UFMT, Docente de Pós-graduação em Fisioterapia.

Membro da Câmara técnica em Saúde da Mulher do Crefito9

Atua com mulheres da Gestação ao Pós-parto

 

O QUE O FISIOTERAPEUTA PODE FAZER PELA SAÚDE DA MULHER?

A Fisioterapia na Saúde da Mulher é uma área de especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - COFFITO (Resolução n° 401/2011). O Fisioterapeuta especialista em saúde da mulher tem papel importante durante todo o ciclo vital feminino, na promoção à saúde, prevenção e tratamento de diversas disfunções femininas ou mais prevalentes entre mulheres.

 

E-book por mais Fisioterapeutas nas maternidades:

https://img1.wsimg.com/blobby/go/5fd0b5a6-04fa-4f9f-bd18-972cd09451f1/downloads/E-book_%20_Por%20mais%20Fisioterapeutas%20nas%20Maternid.pdf?ver=1622232377306

 


Voltar
Portal Transparência
Boletim Informativo Cartilha de Controle Social Estágio Não Obrigatório De carona com o fiscal

AGENDA DE EVENTOS

MAIS EVENTOS >

O Crefito-9 é mero divulgador do conteúdo publicado aqui: não nos restando responsabilidade, compromisso ou parceria com as publicações.

ENQUETE

Como garantir valorização e dignidade profissional?

Mudanças da legislação

União da categoria

Evitar privatização do SUS

CAMPANHAS E SERVIÇOS DO COFFITO

Transparência Fale Conosco Ouvidoria
Copyright © 2019 CREFITO-9 - CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 9ª REGIÃO